Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

31 Março de 2012 | 13h41 - Atualizado em 31 Março de 2012 | 13h41

Fábrica de transformação de rochas ornamentais aumenta produção

Huíla

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lubango - A fábrica de transformação de granito negro da Huíla "Emanha" aumentou, este ano, a sua capacidade de produção de 60 mil para 80 mil metros cúbicos de ladrilho e cantaria, fruto da procura do produto pelos seus principais clientes, informou hoje (sábado), o seu sócio-gerente, Henrique Resende dos Santos Carriço. 

Em declarações à Angop, o responsável disse que o aumento da produção deve-se também ao facto de se ter registado uma quantidade satisfatória de pedidos, sobretudo de empresas estrangeiras a nível do país e no exterior.

Henriques Carriço afirmou que a fábrica conta com duas linhas de produção, num investimento avaliado em dez milhões de dólares e que deu emprego a 70 pessoas. 

O responsável afirmou que a unidade fabril está produzir para além do granito negro, outras especialidades como a rosa da lucira, simba, camaleão, acácia morena, rosa da Huíla e calcários diversos.

Os produtos estão a ser exportados para Portugal, Espanha, Alemanha e China, daí a necessidade do aumento da produção, sobretudo do calcário.

Henriques Carriço adiantou que no caso da Emanha pretende ainda estabelecer um contrato com fábricas de outros países principalmente da Europa, visto que a oferta aumentou nos últimos meses.

No quadro da exportação que aumentou para 80 por cento, admitiu que os principais compradores têm reconhecido a qualidade do produto angolano que tem servido principalmente para a construção civil.

Para a expansão dos seus serviços, Henriques Carriço disse ser necessário mais de quatro milhões de dólares americanos, por formas a se instalar mais duas linhas de produção de granito.

No entanto aconselhou os empreiteiros nacionais no sentido de optarem pela aquisição do produto, ao invés de estarem a importar em outros países onde a qualidade deixa a desejar.

A fábrica de granito Emanha foi erguida em 2002 e está situada na zona industrial número 2 do Lubango.  

Assuntos Província » Huíla  

Leia também
  • 23/08/2013 13:38:06

    Governador sugere medidas para prevenir roubo de gado

    Ao falar aos membros do Conselho Consultivo da Delegação provincial do Ministério do Interior e do Comando Provincial da Polícia Nacional, o governador manifestou a necessidade de haver maior rigor no controlo da migração do gado, como forma de desencorajar o roubo de animais nas comunidades. ...

  • 19/08/2013 13:06:13

    Repartição fiscal da Matala arrecada mais de 69 milhões de kwanzas

    Matala - Pelo menos 69 milhões, 391 mil e 370 kwanzas foram arrecadados pela Repartição Fiscal do Município da Matala, província da Huíla, durante o primeiro semestre deste ano, contra 64 milhões, 780 mil e 201 kwanzas do igual período de 2012. Ao avançar hoje a informação à Angop, o chefe da ...

  • 19/08/2013 12:52:06

    Uso da terra deve ser para bem-estar da população

    Chicomba - O uso da terra deve ser feito de forma racional para promover o bem-estar da população e o desenvolvimento socio-económico, considerou hoje o chefe da Repartição Municipal da Agricultura de Chicomba, província da Huíla, João Katchissapa. Falando na abertura do seminário sobre Estudo, ...

  • 17/08/2013 19:48:13

    Fundo de Crédito emite mais de 50 garantias

    Lubango – O Fundo de Garantia de Crédito existente desde Maio de 2012 emitiu já 57 garantias desde Dezembro do ano transacto a base do programa “Angola Investe”, sendo que 10 foram cedidas a empresários da província da Huíla, informou hoje, no Lubango, o seu administrador, Silvano Araújo. Em ...