Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

31 Março de 2012 | 20h04 - Actualizado em 31 Março de 2012 | 20h04

Comboio experimental do CFB chegou este sábado ao Kuito

Bié

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Kuito  – O comboio experimental do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB) chegou este sábado a província do Bié, transportando consigo entidades do governo central encabeçada pelo ministro dos transportes Augusto da Silva Tomás.

O ministro angolano dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, que se fazia transportar na locomotiva a partir da cidade do Huambo, cerca de duzentos quilómetros, considerou positivo o trabalho efectuado ao longo do percurso, confirmando que a linha férrea naquela parcela do país, que ficou interrompida durante 24 anos, está pronta para ser utilizada.

Augusto da Silva Tomás disse ainda que apesar de este ser apenas um comboio experimental, permite ao executivo central liderado pelo Presidente José Eduardo dos Santos, unir o povo angolano assim como a efectivação das trocas comerciais entre o litoral e o centro do país e, mais tarde com a província do Moxico e as repúblicas vizinhas a leste.

Segundo ele, a caravana que encabeça testemunhou hoje um importante projecto que, frisou, relança o renascimento da economia da região sul e leste do país, mormente a província do Bié e Moxico nas vésperas de mais um aniversário da paz.

O ministro dos Transportes assegurou ainda que, sendo um comboio da reconstrução, passa a ser também um comboio da paz, trazendo na sua carruagem um espírito de concórdia e harmonia.

Disse ainda que, que o mesmo vai trazer o bem-estar, a coesão territorial, assim como a correcção das assimetrias regionais, permitir a criação de emprego aos jovens e o relançamento da produção e o aumento da transportação de pessoas e bens.

Sem adiantar a data, Augusto da Silva Tomás disse que depois da província do Bié, a mesma linha chegará brevemente a cidade do Luena, província do Moxico.

Por sua vez, o governador do Bié Álvaro Manuel Boavida Neto acrescentou que, com a chegada do comboio à província é uma certeza que o país caminha num rumo de desenvolvimento, que faz renascer a esperança que é possível termos uma Angola melhor.

Assuntos Província » Bié  

Leia também