Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

01 Junho de 2013 | 12h46 - Actualizado em 01 Junho de 2013 | 12h46

José Carlos Guimarães pondera abandono da modalidade

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - O ex-seleccionador nacional de basquetebol sénior masculinos, José Carlos Guimarães afirmou sexta-feira, em Luanda, que pensa abandonar a modalidade em virtude do tratamento que tem tido por parte de algumas pessoas, sem, no entanto, especificar.

Reagindo ao afastamento do cargo, o antigo técnico do Promade de Cabinda e Interclube explicou que, em virtude dos últimos acontecimentos, a esposa o aconselhou a abandonar o basquetebol e que está a pensar nesta hipótese.

“Felizmente tive juízo ao longo da minha carreira como jogador e não sou órfão do basquetebol, consigo viver de outros meios. A minha esposa aconselhou-me a abandonar pelo facto de não ser reconhecido o esforço que faço”, referiu.

José Carlos Guimarães, que não adiantou qual será o procedimento que vai tomar em face do seu afastamento (se vai exercer a função nomeada ou recorrer), considerou de má fé a atitude da direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) por ter deixado que fizesse o trabalho de seleccionador (convocatória, preparação do estágio etc) e depois afasta-lo.

Explicou que durante o tempo que esteve no cargo teve despesas pessoais nas deslocações para alguns países para formação e assistir campeonatos de selecções rivais, além dos nacionais nos escalões de formação fora de Luanda.

“Além de seleccionador ocupava também o cargo de coordenador das selecções nacionais e estava previsto, no contrato, deslocações para formação e avaliação aos campeonatos adversários, mas em momento algum a FAB me proporcionou isto e tive que custear estas actividades”, frisou.

Disse que, durante o período que esteve no cargo, elaborou o programa de estágio e apresentou documentos, cuja recepção foi assinada pela secretária-geral, que comprovam. Jogos amistosos e a convocatória constam das escrituras.

Com excepção de Reggie Moore, que segundo José Carlos ainda não estava confirmado, Roberto Fortes e António Monteiro por opção técnica, e a entrada de Miguel Kiala, a lista coincide com a divulgada por Paulo Macedo, novo seleccionador nacional.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também