Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

18 Maio de 2012 | 02h54 - Atualizado em 18 Maio de 2012 | 03h20

Mayzer Alexandre "carrega" Libolo para o primeiro título

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Raúl Duarte dando orientações aos seus pupilos

Foto: Angop

Luanda - Com 22 pontos, o extremo Mayzer Alexandre foi o principal "obreiro" da vitória do Recreativo do Libolo sobre o 1º de Agosto por 91-82, quinta-feira no pavilhão da Cidadela, garantido o primeiro título de campeão nacional para formação do Kwanza Sul.

Nem os 32 pontos de Reggie Moore, poste do 1º de Agosto, foram suficientes para impedir o Libolo de escrever o seu nome na galeria dos campeões.

Os "militares" entraram melhor no jogo e jogados nove minutos venciam por 22-08. Nesta etapa do encontro tudo corria bem à equipa treinada por Mário Palma que priorizava o jogo interior e defendia o campo inteiro. Foi assim que terminaram o primeiro período a vencer por 27-18.

No quarto seguinte, o 1º de Agosto voltou a superiorizar-se e ampliou a vantagem para 13 pontos de diferença (32-19). Mas ainda antes do período terminar o Libolo, aproveitando a inspiração de Mayzer Alexandre que marcou dois triplos seguidos, empatou e desempatou.

Com uma postura diferente, principalmente em termos defensivos, a formação do Kwanza Sul passou a controlar o desafio. Com Olímpio Cipriano a base, destacando-se nas assistências, coube a Mayzer e Ricardino liderar o ataque à tabela adversária "levando" o Libolo a vencer ao intervalo por 43-38.

O terceiro período foi o mais equilibrado. Várias vezes as duas equipas alternaram a liderança no marcador, deixando antever uma ponta final "dura". O Libolo venceu por apenas um ponto 20-19, fixando o resultado em 63-57, a seu favor, no fim do quarto.

Na etapa decisiva, o 1º de Agosto apresentou-se nervoso e perdeu inúmeras bolas. Mário Palma experimentou vários jogadores, mas a equipa não rendia o esperado. Insistiu nos mesmos durante muito tempo e acabaram por perder na "batalha" física.

Nos minutos finais, depois de permitir que o adversário se distancia-se, os "militares" tentaram dar a volta ao resultado efectuando faltas para obrigar o opositor a ir para linha dos lances livres, mas os libolenses estavam certeiros e conseguiam manter a vantagem até ao fim, vencendo por 91-82.

Na fase final do Campeonato Nacional, disputada a duas voltas entre as seis melhores formações, o Recreativo do Libolo venceu os dez jogos que disputou.

Libolo: Francisco Sousa (07), José Salvador (00), Idelfonso Kiteculo (00), Olímpio Cipriano (20), Luís Costa (11), Edson Ndoniema (00), Mayzer Alexandre (22), Valdemir Ricardino (16), Abdel Bouckar (03), Mutu Fonseca (00), Sydney Lima (04), Tommie Eddie (08).

Técnico: Raúl Duarte

1º de Agosto: Armando Costa (07), Adilson Baza (00), Mário Correia (13), Reggie Moore (32), Felizardo Ambrósio (11), Kikas Gomes (09), Domingos Bonifácio (00), Gerson Monteiro (02), Carlos Almeida (02), Miguel Lutonda (03), Leonel Paulo (03), Islando Manuel (00).

Técnico: Mário Palma