Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

12 Maio de 2012 | 15h44 - Actualizado em 12 Maio de 2012 | 19h42

Palancas acham Zâmbia adversária ideal para treinar

Futebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Atletas da selecção realçam exigência do seleccionador

Foto: Angop

Luanda – Manuel, do Sport Aviação ASA, e Edson, do Recreativo da Caála, coincidem na opinião de que o seleccionador nacional tem sido exigente naquilo que pretende dos jogadores, do mesmo modo que acham a Zâmbia um adversário difícil e ideal para defrontar na preparação para o jogo com o Uganda, dia 3 de Junho, em Luanda, referentes à primeira jornada do Grupo J qualificativo ao Mundial de 2014, no Brasil.

Falando no final do único treino de hoje, sábado, realizado no campo adjacente ao estádio 11 de Novembro, Manuel disse que o seleccionador Romeu Filemon exige rigor táctico e que a sua integração nesta segunda presença nas "honras" tem sido das melhores.

"Fui convocado pela segunda vez para a selecção nacional e, tal como na primeira, tá a correr tudo bem. A concorrência entre os vários sectores só beneficia o conjunto", frisou.

Por seu lado Edson, do Recreativo da Caála, referiu aos jornalistas que jogar com a Zâmbia, campeã africana, aumenta a responsabilidade dos atletas da selecção nacional, maioritariamente constituída por jovens. "Temos uma selecção para o presente e para o futuro".

Referiu que a sua convocação pela primeira vez é prova de que os responsáveis da FAF e técnicos estão atentos ao seu trabalho, e que de sua parte só resta justificar com trabalho a aposta depositada em si neste momento ímpar da sua vida.

Depois do jogo diante dos zambianos na quarta-feira às 16 horas no estádio 11 de Novembro, a selecção nacional defronta dia 23 um misto de jogadores estrangeiros que militam no Girabola2012, seguindo depois para Portugal para dois jogos treinos com Macedónia e Cabo Verde.