Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

25 Maio de 2011 | 01h21 - Actualizado em 25 Maio de 2011 | 10h20

Petro de Luanda campeão nacional

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - A equipa sénior masculina do Petro de Luanda conquistou esta noite a 33ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol, ao vencer, no pavilhão da Cidadela, o Recreativo do Libolo por 79-63, em partida da primeira jornada da última volta da Final Four.

Depois de ter festejado a conquista do título, quando ainda não era campeão, Alberto Babo e pupilos conquistaram hoje, efectivamente, o 11º troféu para os “tricolores”, a duas jornadas para o final da competição.

Mais uma vez o norte-americano Roderick Nealy foi o homem do jogo ao marcar 19 pontos e ganhar nove ressaltos, sendo cinco defensivos e quatro ofensivos, seguido pelos colegas Miguel Kiala, Carlos Morais e Olímpio Cipriano (Libolo), todos com 17 pontos.

Apesar da vitória, o Petro de Luanda encontrou muitas dificuldades para ultrapassar um adversário que também lutava pelo troféu.

Depois de uma primeira parte muito equilibrada, com 15-14 no final do quarto inicial, a favor dos “petrolíferos”, e 37-35 ao intervalo, para o Libolo, Carlos Morais e companhia assumiram as rédeas do jogo no terceiro período e acabaram com as esperanças do Libolo de escrever o nome na galeria dos campeões.

Os “tricolores” foram demolidores e, depois de assumir a liderança a oito minutos do fim do terceiro quarto (45-42), não deram hipóteses a formação de Calulo, terminando esta etapa do encontro com sete pontos de vantagem (57-50).

No último período, fruto da boa defesa do adversário, o Libolo perdeu ataques seguidos e os seus jogadores foram demonstrando algum nervosismo que foi bem aproveitado pelo Petro de Luanda que a cinco minutos do final vencia por 69-58.

Os minutos seguintes foram de espectáculo protagonizado pelos “tricolores” que, tendo em conta a diferença, já cantavam vitória mesmo antes do apito final. No final dos 48 minutos, o Petro de Luanda marcou 79 pontos, sofreu 63 e festejou o título que não vencia desde 2007.

Com arbitragem de Carlos Júlio, David Manuel e Iracelmo Pinto, as equipas alinharam da seguinte forma:

Petro de Luanda: Braúlio Morais (00), Roderick Nealy (19), Romenigue Samba (00), Roberto Fortes (00), Paulo Barros (04), Paulo Santana (03), Miguel Kiala (17), Cedrick Ison (15), Wlademir Pontes (00), Divaldo Mbunga (04), Idelfonso Kiteculo (00), Carlos Morais (17).

Técnico: Alberto Babo

Libolo: Domingos Bonifácio (09), Olímpio Cipriano (17), Edson Ndoniema (07), Mayzer Alexandre (00), Abdel Bouckar (07), Leonel Paulo (06), Manuel Mariano (00), Abdel Gomes (00), Reggie Moore (04), Feliciano Camacho (00), Milton Barros (13), Edgar Chocolate (00).

Técnico: Raúl Duarte