Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

17 Maio de 2011 | 23h01 - Actualizado em 17 Maio de 2011 | 23h08

Petro de Luanda próximo do 11º título nacional

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Petro de Luanda (azul) vence Libolo

Foto: Angop

Luanda - O Petro de Luanda ficou próximo de conquistar o seu 11º título nacional, depois de vencer hoje, no pavilhão da Cidadela, o Recreativo do Libolo por 94-89, em partida da primeira jornada da terceira volta da última fase do campeonato "Final Four".


Com este resultado, a cinco jogos do final, os "petrolíferos" ficaram matematicamente a duas vitórias de conquistar o troféu. No entanto, uma vitória na próxima ronda, quinta-feira, diante do Interclube poderá antecipar a festa do Petro de Luanda caso o 1º de Agosto vença o Libolo no mesmo dia.


O encontro desta noite foi decidido apenas a 16 segundos do final, altura em que os "tricolores" beneficiaram de duas faltas seguidas, quando venciam por apenas um ponto (89-90), com direito a lances livres, e converteram mais quatro pontos.


Com 19 pontos cada, Olímpio Cipriano e Cedrick Ison foram os melhores cestinhas, seguidos por Domingos Bonifácio (18) e Carlos Morais (18). Miguel Kiala foi o melhor ressaltador com 10.


Apesar da derrota, o Libolo começou melhor o jogo tendo terminado o primeiro quarto em vantagem (31-26). O Petro "transfigurou-se" no período seguinte e deu a volta ao marcador fixando o resultado ao intervalo em 48-41 a seu favor.


O terceiro e quarto período foram cópias dos dois primeiros em termos de equilíbrios, embora os pupilos de Alberto Babo tenham estado quase sempre em vantagem. A ponta final foi imprópria para cardíacos com o Libolo a anular uma desvantagem de nove pontos e ficar a um a 16 segundos do fim. Valeu a calma dos atletas do Petro na execução dos lances livres decisivos que garantiram a sétima vitória da equipa.


O Petro soma 14 pontos na primeira posição, mais quatro que o Interclube e Libolo no segundo e terceiro lugar, ao passo que o 1º de Agosto é quarto e último com nove.


Com arbitragem de: Carlos Júlio, Fernando Pacheco e David Pacheco, as equipas alinharam da seguinte forma:


Libolo: Domingos Bonifácio (18), Olímpio Cipriano (19), Edson Ndoniema (10), Mayzer Alexandre (09), Abdel Bouckar (04), Simão Santos (00), Leonel Paulo (09), Abdel Gomes (00), Reggie Moore (09), Feliciano Camacho (00), Milton Barros (11), Edgar Chocolate (00).


Técnico: Raúl Duarte


Petro de Luanda: Braúlio Morais (03), Roderick Nealy (16), Roberto Fortes (16), Paulo Barros (03), Paulo Santana (03), Miguel Kiala (05), Cedrick Ison (19), Hélder Gonçalves (00), Wlademir Pontes (00), Divaldo Mbunga (11), Idelfonso Kiteculo (00), Carlos Morais (18).


Técnico: Alberto Babo.


 

Assuntos Província » Luanda  

Leia também