Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

06 Dezembro de 2002 | 17h44

-

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 06/12 - O InterClube de Brazzaville terminou hoje a sua participação na 18/a edição da taça de África dos clubescampeões basquetebol sénior masculino, com uma vitória suada diante do ABC de Abidjan (Cote DIVoire), por 72-67, em jogo da sexta jornada, disputado no pavilhão do "Rio Seco".

O jogo bastante equilibrado, em que os contactos físicos dominaram a defesa homem-a-homem utilizada por ambas equipas,terminou no primeiro período com uma igualdade de 12 pontos.

No segundo, os congoleses dominaram a equipa ivoirense em termos de lançamentos de curta e longa distâncias, e acabaram por vencer por três pontos de diferença (29-26).

A entrada do penúltimo tempo, a equipa do ABC equilibrou o jogo, e conseguiram ultrapassar pela primeira vez o seu adversário, com o marcador a fixar-se em 46-48.

No último período, a equipa do InterClube apostou na defesa a zona com fecho das linhas de passe. Dada à pressão exercida sobre o adversário, cortaram todas as jogadas dos ivoirenses.

Neste período, os congoleses contaram com a inspiração do extremo-poste Ebayi Aubin, melhor marcador do jogo com 15 pontos.

O seu colega Nkondzi Aymord com 11 pontos, esteve muito na luta das tabelas, tendo ganho oito ressaltos, dos quais quatro defensivos, e foi bem apoiado por Backat Rock e Tchimpaka Kadima, que obtiveram três ressaltos defensivos cada.

Destacaram-se também na equipa congolesa o armador Assoua Valente e o extremo Backat Rock, autores de 10 pontos cada.

Pelo lado do ABC, Bangoura Morlaye foi melhor "cestinha" da sua equipa ao somar 14 pontos, tendo ganho oito ressaltos, quatro defensivos.

Oloubi Albert, Besse Marcel e o Nigeriano Musa Adamu foram também preponderantes no triunfo ivoirense.