Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

27 Agosto de 2013 | 17h50 - Actualizado em 27 Agosto de 2013 | 17h50

Hollande apela ONU e UA a controlar a situação

O presidente francês François Hollande apelou nesta terça-feira a ONU e a União africana ?a controlar a situação? na RCA , país à beira de uma somalização? onde 60.000 crianças correm o risco de morrer de malnutrição e que afectam um milhão e meio de deslocados.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da República Centro Africana

Foto: Angop

“Apelo à União africana e ao Conselho de segurança para aproveitarem essa situação. A França os ajudará “, declarou o chefe de Estado, durante um discurso sobre política estrangeira perante os embaixadores franceses reunidos em Paris.

“É tempo de intervir nesse país que atravessa uma grave crise política e humanitária, insistiu o presidente.

Desde a queda do governo de François Bozizé, derrubado a 24 Março pela coligação rebelde  do Séléka, o país vive num clima de insegurança generalizada, com exacções contra a população perpetrada por combatentes saídos da ex – rebelião.                        

 "Esse país está à beira da somalização. (…)  O balanço é impressionante: 60.000 crianças correm o risco de morrer de malnutrição. Um milho e meio de habitantes dos 5 milhões são deslocados”, prosseguiu François Hollande , recordando que havia recebido a semana passada representantes de ONG engajadas na RCA.

Segundo a ministra francesa da Francofonia , Yamina Benguigui, uma reunião internacional sobre a RCentro - africana poderá ter lugar à margem da Assembleia geral das Nações unidas no fim de Setembro em Nova Iorque.

Assuntos RCentro Africana  

Leia também
  • 09/01/2015 18:48:29

    RCentro-Africana:ONU confirma cometimento de crimes contra a humanidade

    Bangui - Os crimes de guerra e contra a humanidade, incluindo uma "limpeza étnica" da população muçulmana, foram cometidos na República Centro-Africana, mas a intervenção internacional evitou de momento um genocídio, indica o relatório final de uma comissão de inquérito das Nações Unidas, noticiou a AFP.

  • 09/01/2015 12:42:22

    República Centro Africana: Violências entre grupos armados resultam em seis mortes

    Bangui - Pelo menos seis pessoas morreram desde terça-feira na República Centro Africana nos confrontos entre dois grupos rivais de milicianos anti-balaka em Bambari (centro), soube a AFP junto da polícia centro-africana.

  • 23/12/2014 15:35:24

    RCentro-Africana:Mortas 18 pessoas em ataque no sudoeste do país

    Bangui - Dezoito pessoas foram mortas e várias dezenas de outras ficaram feridas no sudoeste da República Centro-Africana, no decorrer de dois ataques levadas a cabo no último fim de semana pelos Peuls armados, soube-se hoje (terça-feira) de uma fonte próxima da prefeitura, citada pela AFP.

  • 18/12/2014 10:09:12

    RCA: Confrontos entre grupos armados causam 28 mortos

    Bangui - Pelo menos 28 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas na República Centro Africana em confrontos entre grupos armados na terça-feira em Mbrés, ao norte da capital Bangui, anunciaram fontes oficiais.